agricultura

Proteção das Culturas

O acréscimo da produção agrícola, após a II Grande Guerra, só foi possível com o recurso aos pesticidas de síntese. No entanto, utilizados em grande escala, os pesticidas foram deixando resíduos na água, no solo e contaminaram os próprios alimentos. Esses resíduos afectam a saúde humana e os equilíbrios naturais.
A perturbação dos equilíbrios naturais reflecte-se negativamente sobre a fauna selvagem, os microorganismos do solo e a fauna auxiliar do Homem. Com o decorrer do tempo, a experiência demonstrou que é necessário reduzir a utilização de pesticidas ao mínimo indispensável.
Em alternativa à luta química sistemática, foram concebidas novas estratégias de proteção das culturas, todas tentando reduzir a quantidade de pesticidas aplicados.

Agricultura Biológica

A Agricultura Biológica é um sistema de produção mais natural, baseado em conhecimentos adquiridos na Agricultura Tradicional e em novas técnicas que protegem o Ambiente, como sejam a não utilização de Pesticidas de Síntese, os quais são um dos principais causadores da poluição de solos, águas, alimentos e ambiente.